"Quem não tem cão, caça com gato". Ou é "como gato"? Bom, o fato é que eu não tinha uma fôrma de coração, mas queria fazer um bolo com esse formato. Então coloquei em prática uma dica que vi por aí na internet.
 

Um coração nada mais é do que um quadrado e um círculo cortado ao meio. Não entendeu? Veja só:

Está vendo as emendas?

Eu assei esse delicioso bolo de cenoura em duas fôrmas: uma quadrada e outra redonda. A redonda era um pouco maior do que eu precisava, então aparei os cantos dos semicírculos até eles se encaixarem perfeitamente no quadrado.

Cobri com brigadeiro, salpiquei confeitos brancos e pronto: terminei meu bolo de aniversário de 29 anos! É bem singelo, mas tem seu charme.

Gostou da dica? Me conta!


Ah... Você sabia que a palavra fôrma (aquele objeto onde assamos nossos bolos) pode receber o acento circunflexo? "Pode", ou seja: é facultativo. Se trata de um dos poucos acentos diferenciais que estão estabelecidos no novo acordo ortográfico (de 2009) e que achei bem útil para diferenciar da palavra forma (formato), utilizada no título deste post.


E ela voltou: a boneca mais amada do Brasil! A Barbie já apareceu aqui em um bolo, lembra?


Uma de minhas sobrinhas escolheu esse tema para a festa de aniversário, por isso fiz esses cupcakes como um presente especial para ela.
 


Toda a decoração foi feita de massa para flores (se você não sabe o que é, veja aqui). Para deixar o perfil da Barbie ainda mais charmoso, apliquei na base um pó branco para decoração de alimentos (Pearl Dust da Wilton) com pincel seco.
 

 


Coloquei eles nessas caixinhas individuais porque seriam entregues como lembrancinhas da festa. Olha só que linda essa caixa recheada, pronta para o transporte!

Eu acho que esse tema ainda vai continuar a fazer sucesso por muito tempo... E você?


E hoje termina a série de três posts com os presentinhos que fiz em 2014 para meus queridos sobrinhos. ^^

Eu apostei na combinação de corações e flores delicadas para criar os cupcakes das meninas. E a cor rosa não poderia faltar nessa composição, é claro!

As crianças ficaram muito felizes com os presentes! E eu, tia coruja, fiquei mais feliz ainda por fazê-los sorrir. <3