Na mesma ocasião em que fiz os cupcakes do Capitão América, eu presenteei meu sobrinho mais novo com cupcakes de leão! ^^
Essa patinha ficou uma graça, não ficou? O leãozinho também, mas ele me deu um pouco mais de trabalho... Minha primeira tentativa não ficou muito legal, como você pode ver:
O pobre do leão parecia muito carrancudo, então decidi tentar de novo. Observei melhor a foto que eu tinha escolhido para copiar me inspirar e reproduzi mais fielmente as proporções de cada elemento. Percebi que o formato do rosto também deveria mudar, pois era mais achatado.  Até as sobrancelhas ficaram diferentes, você reparou? Alterando esses detalhes, consegui fazer meu leãozinho ganhar uma feição fofinha!
Então não desista se sua modelagem não der certo... Tente outra vez!

Oi, gente! Tenho um objetivo: colocar o blog em dia. É que já produzi muito mais coisas do que consegui postar aqui e desejo compartilhar grande parte de tudo isso com vocês. Por isso trago hoje cupcakes feitos em 2014 para um dos meus queridos sobrinhos. Ele gosta muito de super heróis... Gosta tanto que já fiz também um bolo dos Vingadores para ele.


Esses cupcakes são muito fáceis de fazer, basta apenas ter os cortadores e prestar atenção na sequência certa de cores do escudo.

Presenteei meu sobrinho com essa graciosa caixinha e ele gostou muito!


Bom, ainda não tenho uma data limite para cumprir meu objetivo, mas prometo que estou me esforçando para escrever mais aqui no blog. Então, até breve!

Ah!... Não deixe de comentar, caso eu esteja ajudando você de alguma forma! ;)


Decidi me aventurar no mundo dos biscoitos no fim de 2014. Eu já sabia que queria tentar fazer essas belezinhas decoradas com glacê real, mas não sabia muito bem por onde começar... Até que encontrei este vídeo aqui:


Logo no começo, a Amber (SweetAmbs) explica que utiliza glacê real na consistência fluida (tanto para contornar quanto para preencher e desenhar) e bico de confeitar (perlê) número 2. Ela usa também um scribe tool, essa ferramenta de ponta fina. Na falta de uma, me virei com um palito de dente.

Percebi que ela não está usando adaptador para bico, mas é bastante aconselhável usar para que o bico fique bem fixo e você não corra o risco de fazer uma bagunça...

Ela explica no blog dela que a consistência fluida é quando demora algo entre 14 e 16 segundos para o glacê se uniformizar. Mas, dependendo da pressão de suas mãos ou da quantidade de glacê que você aplica no biscoito, esse ponto pode ter que ser ajustado. O jeito é testar e testar. Não desanime se não der certo na primeira tentativa.

Eu usei mistura para glacê real: preparei conforme as instruções do pacote e deixei na tigela da batedeira, coberta com um pano úmido. Separei um pouco do glacê e tingi com corante em gel vermelho até chegar ao tom de rosa que eu queria. Depois adicionei água até chegar perto do ponto fluido. Quando eu vi que ficou mole de mais, adicionei um pouco mais do glacê real que estava na tigela.

Deu para ver que eu tive dificuldades em achar o ponto do glacê, né? Mas, depois de algumas tentativas, cheguei perto e consegui produzir cerca de 30 biscoitos com desenhos variados. Orgulhosamente, mostro os meus melhores biscoitinhos para vocês:


Se você contou, viu que são apenas 10. Os outros 20 não ficaram tão bacaninhas assim, por isso me reservo ao direito de não mostrá-los. =P  

O nome dessa técnica de decoração é wet-on-wet, algo como "molhado sobre molhado". Ou seja, você deve aplicar as outras cores de glacê enquanto a principal ainda não secou. E esse é o motivo desse brilho todo: alguns biscoitos ainda não estavam secos.


Aprendi a fazer a rosa neste outro vídeo da Amber:


Decorar biscoitos com glacê real é um pouco mais difícil do que eu imaginava, mas foi uma boa primeira experiência. Você já tentou essa técnica? Conta para mim!